28 maio 2008

A perseguição a Campo Belo do Sul

É uma verdadeira barbaridade a perseguição que 3ª Companhia de Bombeiros Militares de Lages está fazendo com os Bombeiros Voluntários de Campo Belo do Sul no Planalto catarinense. Provavelmente com ciúmes da pequena corporação que, em poucos anos, conseguiu ter um crescimento que outras corporações policiais, que usam dinheiro público, não conseguem, os militares de Lages entraram com ação na Justiça tentando impedir o funcionamento da pequena corporação acusando-a de ilegal e de, vejam só o ridículo, usurpar função pública. A corporação que sobrevive de doações de empresários e da população do município além do trabalho voluntários de moradores está prestes a fechar deixando o município sem nenhuma proteção pois os bombeiros de Lages levam no mínimo uma hora para chegar a Campo Belo. Mais ridículo ainda é que os militares de Lages querem que os voluntários, se não extintos, troquem de nome e não usem o vermelho como cor padrão. A perserguição é tanta que os militares lageanos conseguira impedir os voluntários de usarem o número 193 para emergências. Ou seja: a cidade pode arder em chamas que ninguém pode jogar um balde de água pois estaria "usurpando função pública".
Estive na noite de terça-feira em visita a sede dos Bombeiros Voluntário de Campo Belo do Sul. Pude constatar "in loco" o esforço e a dedicação do pessoal. Jovens dedicados e com garra. Alguns vindos de condenações por pequenos delitos e que são bsorvidos pela corporação que também desempenha o papel de integradora social. Em pouco tempo, a corporação que atende ainda as cidades de Capão Alto, Cerro Negro e Anita Garibaldi, já atendeu mais de 950 ocorrências, disponibilizando 27 voluntários ativos, duas ambulâncias, um caminhão e um veículo administrativo. "Nossa intenção é contribuir com estas comunidades que há muito tempo pleiteavam atendimento desta natureza e há 12 anos não tinham bombeiros em seus municípios” afirma o comandante dos voluntários Amarildo Molinari.
A pressão política dos militares de Lages tem sido tão violenta que vem suscitando manifestações de empresários, da população e de parlamentares. O deputado Reno Caramori fez pronunciamento na Assembléia Legislativa criticando a atitude dos militares: “Os Bombeiros Militares têm que cuidar da falência que se encontram muitas de suas corporações e não criar caso com quem tem contribuído com a segurança dos catarinenses. Ao contrário de prejudicar as unidades dos Voluntários, deveriam se preocupar em ampliar suas atividades aos mais de 170 municípios de Santa Catarina que não são atendidos”.
O diretor-executivo da Associação dos Bombeiros Voluntários de Santa Catarina (Abvesc), Aldair Amâncio Faria tem a mesma opinião. Citando o caso do Bairro Garcia, em Blumenau, onde o posto militar está sendo fechado, ele criticou o caráter corporativo das reclamações em detrimento do interesse público: “O Estado está sem estrutura para manter a corporação militar e, mesmo assim, pretende desqualificar o atendimento feito pelos Voluntários”.

Bem, não entendi até agora como a justiça ou alguém pode apoiar manifestação como essas que partem de Lages contra o pequeno município e contra um grupo de pessoas que estão ali, voluntariamante, para prestar atendimentos de proteção à cidade e aos seus moradores. Devem haver outros interesses inconfessáveis por trás desta estória ou então é apenas o que diz o deputado Reno: "Ciúme de homem".
Para ver o vídeo dos Bombeiros Voluntários de Campo
do Sul clique aqui.

5 comentários:

  1. Algumas instituições Bombeiros Militares (atenção: eu disse algumas), entidades falidas em suas bases, discriminatórias e muitas das vezes corruptas (por isso muito da sua falência), deveria estar mais preocupada com a formação de seu pessoal (como impedir o uso da cor vermelha se a mesma está na NR 26 do Ministério do trabalho e na NBR?) em vez de querer humilhar o trabalho dignificante desses voluntários.
    A morte não epera pela cor,nem a vida epesra por ela, quer saber de ação, não quer saber de política, quer saber de ações planejadas e preocupadas com o bem estar da população. Vamos ver o quanto de improbidade administrativa alguns desses militares está envolvido...vcs se surpreenderão.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde!
    Sou campobelense, e sei da incansavel luta das pessoas que compõe a corparação e de toda comunidade, para que esses bravos jovens que se formaram a poucos dias e aos formados. As pessoas que deixam suas casas para sim prestar um trabalho a comunidade, "buscando salvar vidas" este que eles lebram todos os dias em iniciar seus trabalhos. E não esquecendo que este é um trabalho diquino , mais tão mais diquino que outro que seja remunerado.
    Os bombeiros voluntários mudou a nossa rotina de vida em nossa cidade, por prestar seus serviços, salvando muitas vidas, sejam elas por motivo de doença, acidente, ou ainda um incendia em residencias...As pessoas que jogam pedra, nessas bravos homens e mulheres, não se esqueçam que seu telhado é de vidro e um dia embreve se quebrará. Eles mudaram nossas vias, para quem tem alguém da família formado e atuante como BOMBEIRO VOLUNTÁRIO, com quem necessitou alguma vez de um atendimento, sem falar que ninguém pode dizer que nunca vai precisar deles. Falo porque tenho dois familçiares meus BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS, e nossa vida mudou. PARABÉNS A TODOS OS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS QUE DEUS OS ABENÇOE SEMPRE E O ANJO DA GUARDA OS ACOMPANHE SEMPRE...!!!

    ResponderExcluir
  3. janaina martins e thais pereira...10 de junho de 2010 09:21

    parabens pelo trabalho realizado que aqui vcs vem fazendo
    estamos muito orgulhosas por vcs prestarem este imenso trabalho em nossa cidade que Deus os abençoe em qualquer lugar que vcs estiverem...

    ResponderExcluir
  4. parabéns bombeiros
    pois acha barreira nossa misão é salvar vida
    e ñ ao dinheiro

    ResponderExcluir
  5. Os corpos de bombeiros voluntários são entidades sem fim lucrativos. eles trabalham sem receber, trabalham por amor, por que gostam de salvar vidas. isso deve ser louvável, porque se preocupar com cores? ou com nemeclaturas e insignias parecidas? esses voluntarios merecem receber apoio, isso sim.

    ResponderExcluir

Desove sua opinião aqui