21 outubro 2008

Tô nem ai



Ricardo Wegrzynovsk de Brasília

A crise financeira parece não chamar muito a atenção dos deputados. Ontem (21), enquanto o ministro da fazenda, Guido Mantega; e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, estiveram em sessão da Comissão Geral da Câmara dos Deputados. Enquanto isso, nas cadeiras, parlamentares aproveitavam para colocar a conversa em dia. Alguns, talvez mais cultos, como o catarinense Fernando Coruja (PPS), aproveitou para colocar a leitura em dia. Enquanto Mantega e Meirelles discutiam a crise internacional, Coruja leu parte do livro “A outra margem do ocidente”. O livro é o segundo volume resultado de conferências sobre as sociedades indígenas, promovidas pela Funarte. Entre índios e economistas, o deputado Coruja ficou com os primeiros. Devia estar questionando se a crise vai atingir as tribos do país.

Um comentário:

  1. E a economia dos índios aqui que se dane né Coruja?

    ResponderExcluir

Desove sua opinião aqui